sexta-feira, 28 de junho de 2013

Uma e vinte e cinco!

Quisera eu conseguir te apagar da memória, do mesmo modo que risco da agenda seu número de telefone, como se não fosse lembrar de você sempre.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Back to Top