segunda-feira, 29 de julho de 2013

Resenha: “Garota, Interrompida”

{PhotoAlt}

Após ser declarada depressiva e com tendências suícidas, aos 18 anos de idade, Susanna Kaysen é levada para o hospital psiquiátrico McLean, onde é diagnosticada com Transtorno de personalidade limítrofe. Susanna passa dois anos confinada para recuperação... Onde acaba conhecendo várias mulheres, e acaba aprendendo a conviver com a loucura alheia.
No livro, é contado cada história dos pacientes que Susanna conhece e possuí proximidade. Entre elas: Daisy, Lisa Cody, outra Lisa, Polly, e Georgina.
Garota, Interrompida é uma história real, onde narra os medos e dúvidas da autora durante o tempo que passou internada.
Me encantou a forma como a autora se expressa, nos permitindo quiméricamente viver seus sentimentos.
Merece também ser destacada, a Única Editora, pelo seu belíssimo trabalho com o design do livro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

NO INSTAGRAM: @RUNFFE


Layout e design: Céu em Versos
CÉU EM VERSOS 2013 - 2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS