sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Aristóteles Para Quem Busca a Felicidade, de Jean Vanier

SINOPSE: Em Aristóteles para quem busca a felicidade, Jean Vanier oferece uma aplicação edificante, contemporânea e prática da filosofia às necessidades e aos anseios humanos. Convidando-o a olhar com novos olhos para teorias de felicidade escritas há dois milênios, Vanier baseia-se no trabalho filosófico de sua juventude assim como examina a base para a filosofia moral moderna e seu papel na vida das pessoas atualmente.
O livro revela ligações úteis entre psicologia, espiritualidade e moralidade: a psicologia vai ajudá-lo a enfrentar seus medos e suas limitações, a espiritualidade lhe dará força e a moralidade vai guiá-lo na escolha de melhores ações – aquelas que vão ajudar a aumentar sua felicidade e, assim, sua humanidade. A combinação desses caminhos de conhecimento e sabedoria dá sentido à vida das pessoas e lhes permite fazer o melhor uso de sua liberdade em seu caminho para a liberdade. Aqui você encontra algumas reflexões simplificadas sobre temas como: Viver uma vida plena e moral, basear-se na ética humana, integrar nossa natureza e nossos desejos com nossas necessidades na sociedade, integrar as dimensões do corpo e da afetividade.

{PhotoAlt}

Um livro para ler devagar, para refletir sobre o que se leu, para fazer associações entre as teorias de Jean Vanier para com Aristóteles e nossa vida.
Vanier trabalha com uma análise profunda com conceitos que Aristóteles estudou profundamente. Além de exemplificar o nosso dia-a-dia. Fica bem fácil entender os princípios de Aristóteles.
O livro traz reflexões sobre espiritualidade, virtudes, e questionamentos sobre amizade, verdade, ética e seu papel na vida das pessoas. Ajudando o leitor a engrandecer sua felicidade e benevolência.
"O estar drogado, em contrapartida, é experimentado como uma fuga de si mesmo, e o prazer que acompanha essa jornada é um modo de escapar da realidade. A vida é difícil demais, a solidão é insuportável e qualquer esforço está além do nosso alcance. Então fugimos." página 66.


{PhotoAlt}

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

NO INSTAGRAM: @RUNFFE


Layout e design: Céu em Versos
CÉU EM VERSOS 2013 - 2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS