quarta-feira, 12 de julho de 2017

Um Lugar na Janela, de Martha Medeiros

SINOPSE: Em Um Lugar na Janela, a cronista Martha Medeiros abre espaço para a viajante. Aqui não há nada inventado, tudo aconteceu de verdade: as melhores lembranças, as grandes furadas ainda em tempos pré-internet, as paisagens de tirar o fôlego. A autora de Feliz por nada compartilha com seus leitores as mais afetuosas memórias de viagens feitas em várias épocas da vida, aos vinte e poucos anos e sem grana, depois, já mais estruturada, mas com o mesmo espírito aventureiro, e com diversos acompanhantes: as amigas, o marido, as filhas, o namorado, não importa a companhia, vale até mesmo viajar sozinha.
Com o mesmo estilo pessoal das crônicas, MarthaMedeiros transmite aquilo que de melhor se leva de uma viagem: as recordações. É como deixar-se perder num lugar novo – pode ser uma mochilagem pela Europa, uma aventura em Machu Picchu, uma temporada no Chile, poucos dias no Japão – para depois se reencontrar consigo mesma.
Um lugar na janela é um convite para deixar de lado a comodidade do sofá, as defesas e embarcar junto com Martha. O bom viajante é aquele que está aberto a imprevistos, ou seja, a viver.

{PhotoAlt}

Nunca havia lido um livro da Martha Medeiros, quando comprei, achei que era um livro ficcional (aquelas que não leem descrições, nem nada haha). Talvez tenha sido um pequeno erro meu comprar ele como primeiro livro. Gostaria de ter lido um livro de ficção, mas não quer dizer que não gostei desse livro.
Em "Um Lugar na Janela", Martha Medeiros relata suas aventuras de viagem por quase todo o mundo. São tantas histórias que se precisou algo mais que um diário. para contar tudo.
Martha visita lugares como Roma, Tóquio, Chile, Nova York... relata suas histórias engraçadas de iniciante e conta o que fazer e o que não fazer nos lugares que visita.
Apesar de não ser um livro de ficção ou um romancezinho como eu queria, esse livro aguçou minha vontade de viajar e conhecer outras culturas.

"Conhecer, descobrir, avançar, aprender: verbos que, de certa forma, me definem, todos relacionados com o exercício da liberdade."

Um comentário:

  1. Acredito que encontrei o meu livro para uma próxima viagem! Será um grande companheiro!

    ResponderExcluir

 

NO INSTAGRAM: @RUNFFE


Layout e design: Céu em Versos
CÉU EM VERSOS 2013 - 2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS