domingo, 15 de outubro de 2017

Um Pai de Cinema, de Antonio Skármeta

SINOPSE: O livro conta a história do jovem professor de um povoado, Jacques. Seu pai, um forasteiro francês, abandonou a ele e sua mãe há vários anos e um dia, ao visitar a cidade vizinha para ir à primeira vez a um bordel, Jacques tem uma grande surpresa, e a explicação de tudo pode estar muito perto dele.

{PhotoAlt}

Um pai de cinema conta a história de um jovem professor de uma aldeia chilena, cujo pai vai embora para a França no mesmo dia em que ele volta com o diploma de formado. Sua mãe nunca se recuperou do acontecido.
É antes de tudo uma história sobre se tornar adulto.
É poesia em forma de livro, um romance do tamanho de um conto com suas 112 páginas.
A narrativa do livro é sensível e repleta referências cinematográficas e musicais. Somos levados a conhecer a vida do narrador e do lugar em que mora, sentir o lugar e tornar-mos íntimos dos personagens.


"Não é que as palavras vagueiem incertas em torno de algo: o próprio mundo é incerto, as palavras são exatas."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

NO INSTAGRAM: @RUNFFE


Layout e design: Céu em Versos
CÉU EM VERSOS 2013 - 2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS