segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Os Irmãos Karamázov, de Dostoiévski - Coleção L&PM Pocket Mangá

SINOPSE: Considerado por Freud um dos maiores romances já escritos e tendo influenciado escritores como Kafka e Nietzsche, “Os Irmãos Karamázov” é o magistral desfecho da obra de Dostoiévski (1821-1881). Temos aqui a história do devasso Fiódor Karamázov e de seus filhos: Aliócha, o mais novo, que vive num mosteiro, Ivan, o intelectual e ateu, e Dimítri, militar e impulsivo. Por meio desta família disfuncional e atormentada, Dostoiévski expressa algumas das maiores angústias da alma humana e das relação entre pais e filhos.

{PhotoAlt}

A história gira em torno da família Karamázov, uma obra que trata sobre vários temas: família, pobreza, religião, amor, amizade, ciúmes, moral, injustiça e etc...
Fiódor Pávlovich Karamázov é o patriarca da família, considerado por muitos como desprezível e sórdido, possui três filhos legítimos e supostamente um bastardo. Aliocha, que desde cedo revela um lado místico, se torna noviço em um mosteiro aos cuidados do Starietz Zósima. Ivan, o filho do meio, se tornou um intelectual manipulador. E o mais velho, Dmitri, é o mais parecido com o pai, ciumento e paranoico. Os desfechos dos personagens estão relacionados com o exagero de suas características.
Um enredo cheio de escândalos e reviravoltas. Uma história que atrai o leitor ao mesmo tempo que é perturbadora.
“Os Irmãos Karamázov” é uma obra-prima. Achei a leitura fácil de se compreender, justamente por ser na versão mangá. Uma ótima leitura!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Back to Top